segunda-feira, 13 de abril de 2009

Felipe Contando...(Parte 2)

Making Of do Filme-manifesto: Atrás do Mundo

No dia 3 de abril, após a primeira rodada na Globo, início da tarde, fomos pra segunda rodada, na Columbia Filmes, Avenida das Nações Unidas. O Corposinalizante e a equipe de filmagem da TV Brasil foram procurando um local para colocar o cartaz e encontramos um muro, ao lado do prédio.














Deixamos isso para depois e fomos até a entrada do prédio, quando os seguranças de lá, assim como os da Globo, com cara de dúvida, barraram as câmeras. Eu, Alex e Amarílis entramos na recepção do prédio. Enquanto conversávamos com a mulher, Leo, Lorran e Luciana seguravam o cartaz com a minha foto.



Lorran, fazendo papel de repórter, perguntou para alguém sobre o cartaz: Queremos Legendas nos Filmes Nacionais, enquanto o Alex tentou conversar com a recepcionista, sem sucesso. A recepcionista pareceu não o deixar ligar e ainda perguntou: tem hora marcada?

Uma pessoa andando viu o nosso cartaz, parou, leu e perguntou: vocês são surdos? O pessoal disse sim!, ele falou: vou conversar com o pessoal de lá. Nos explicou que era o chefe da segurança do prédio e entrou para chamar alguém.

Sentamos e mesmo esperando, os seguranças ainda não nos deixavam em paz. Recebemos uma ligação dizendo que os diretores da Columbia não estavam no prédio, nenhum responsável para nos receber. [Eu duvido, aposto mesmo que eles se esconderam, mas deixa para lá...]














Fomos ao lado do prédio para colar o cartaz, tudo perfeito, e posamos para a foto. Assim terminamos a segunda rodada e seguimos a caminho da última...

...ah, e nesta rodada esteve presente com a gente o Célio Turino, secretário de Programas e Projetos Culturais do Ministério da Cultura (MinC). Ele mesmo, que adorou a equipe do Corposinalizante.



O sol estava prestes a descer quando paramos na Rua Augusta. Sabia que ninguém queria carregar o pote de cola porque estava pesado, não usamos nem a metade, então eu carreguei. O resto do grupo levou a bandeja, vassouras e o último cartaz. A Rua Augusta é menor e mais movimentada do que as duas últimas ruas onde colamos e foi muito difícil encontrar um muro que parecesse “livre”, não havia nenhum, só haviam lojas pequenas. Aí encontramos uma linda e pequena parede branca, de propriedade do banco que fica na frente do Cine Sesc.

Preferimos arriscar à procurar outro local. Quando estávamos na frente do banco, pensei: isso não vai dar certo. Ainda bem que deu! Quando colamos, tudo foi rápido para ninguém nos flagrar.




Pelo que eu vi, tinha um segurança dentro do banco vendo a gente, eu pensei que ele nos abordaria, como aconteceu das outras vezes. Ele andou na direção da entrada do banco, ninguém do Corposinalizante reparou, só eu, mas ainda bem que ele voltou para o local onde estava, tudo certo, o trabalho de colagem terminou, gastamos muita cola mas ainda faltava muito para acabar o galão.














Voltamos para a frente do Cine Sesc, não havia nem um segurança, o trabalho ficou mais tranqüilo, um artista nos convidou para tirar fotos e depois aparecer em um filme, a gente aceitou, sabíamos que era um fotográfico australiano, alguns participaram e depois começamos a entrevistar o público dentro do cinema. Até entrevistamos o fotográfico australiano e o intérprete dele, foi muito interessante.

Quando viramos para trás para ver como estava o cartaz com a foto do Leo, ainda estava lá, ninguém tirou (que sorte!). O sol já estava descendo, sentamos na calçada para descansar e alguém comprou pipoca.

Só não estava lá presente o dono do Cine Sesc...














Terminamos a 3° rodada. Eu estava muito cansado, com um pouco de dor cabeça, ainda tinhamos que levar as coisas para a van e pronto, partir de volta para o MAM. Assim terminamos o nosso trabalho com o filme Atrás do Mundo.

Felipe Lima
Fotos: Cibele Lucena

6 comentários:

Anônimo disse...

Torço muito para que a sociedade majoritária se senbilize e tente por um dia inteirinho assistir televisão, filme, clipe de música no MUDO da Tv!
Aposto que os diretores de departamento nunca fizeram isso.

Espero que as legendas sejam aceitas como direito dos Surdos.

PARABÉNS pela luta! Eu apoio!

MARA

Anônimo disse...

Nossaaaaaa!rsrs

Essa segunda parte foi tão emocionte quanto a primeira!

Ter colocado o cartaz no CITYBANK..Uahullll!

Guardem a cola, econimizaem a pipoca, pois crio que mais manifestações virão! Quanto aos diretors, podem correm, mas não podem se esconder!

Parabéns pelo trabalho de vcs!

espero ajudar um dia!

abçs a todos!

Isaac Gomes
Intérprete de Libras

mariana kz disse...

Nossa, muito legal o relato e as fotos. Quero muito ver o vídeo final!

Sou a Mariana, acompanhei os encontros da pré-oficina lá no Museu, tô ansiosa pra ver os vídeos.

Bjs.

Beatriz disse...

Além de legendas, o pessoal da Columbia tá precisando de humildade também!

Anônimo disse...

olá aqui é o Alexandre da ECS, gostaria de saber quando nos podemos saber o filme de depoimento e movimento pela legenda, colocar no blog qdo vai colocar?? Aguardo a sua resposta abraço Alex.

Felipão disse...

Ae Alex,

Estamos ansioso como vc mesmo, ainda temos os dois vídeos no blog em breve e tambem teremos o dvd proprio do Corposinalizante, com 2 filmes com longa duração, seria melhor mesmo

Abraçoo